Regulamento – Exame de Graduação de Kendo (Rev. – Junho/2019)

REGULAMENTO

(Rev. – JUNHO/2019)

 

 

I – DOS CANDIDATOS AO EXAME DE GRADUAÇÃO – KENDO

 

  • Inscrições – Salvo o disposto nos itens 1.1.2 e 1.1.3 abaixo, poderão participar do Exame de Graduação de Kendo e do Exame de Shogo todos aqueles filiados a federações e associações reconhecidas pela CBK que tenham sido filiados por suas respectivas academias / associações até 30 dias antes da realização do exame e que cumpram os requisitos abaixo estabelecidos:

 

1º. Kyu Ser praticante regular de treinos e que tenha a idade mínima de 12 anos na data de realização do exame.
1º. Dan Ter cumprido 6 meses de carência após a obtenção do 1º Kyu e que tenha a idade mínima de 13 anos na data de realização do exame.
2º. Dan Ter cumprido 1 ano de carência após a obtenção do 1º Dan.
3º. Dan Ter cumprido 2 anos de carência após a obtenção do 2º Dan.
4º. Dan Ter cumprido 3 anos de carência após a obtenção do 3º Dan.
5º. Dan Ter cumprido 4 anos de carência após a obtenção do 4º Dan.
6º. Dan Ter cumprido 5 anos de carência após a obtenção do 5º Dan.
7º. Dan Ter cumprido 6 anos de carência após a obtenção do 6º Dan.
8º. Dan* Ter cumprido 10 anos de carência após a obtenção do 7º Dan e ser possuidor do título de Kyoshi.
Renshi a)    (i) Ter a graduação de 6º Dan obtida há pelo menos 1 ano ou

(ii) Ter a graduação de 5º Dan obtida há pelo menos 10 anos, idade acima de 60 anos e autorização do presidente da federação à qual esteja filiado para a prestação do exame.

b)    Apresentar o trabalho dissertativo e os atestados e comprovantes requeridos no item 4.1 deste regulamento.

Kyoshi a)   Ter a graduação de 7º Dan obtida há pelo menos 2 anos,

b)   Ter o título de Renshi e

c)   Apresentar o trabalho dissertativo e os atestados e comprovantes requeridos no item 4.1 deste regulamento.

 

 

         * Exame realizado somente no Japão.

 

1.1.1   Redução do Prazo de Carência:

 

  • Serão permitidas as inscrições dos candidatos cujo período faltante para o cumprimento do prazo de carência for de até 30 dias na data de realização do exame.

 

  • Os candidatos que tenham idade igual ou superior a 60 anos poderão prestar os exames para 6º, 7º e 8º Dan após os seguintes períodos de prática:

 

Dan/Kyu Período de Prática
6º Dan 2 anos ou mais após obter o 5º Dan
7º Dan 3 anos ou mais após obter o 6º Dan
8º Dan 5 anos ou mais após obter o 7º Dan

 

 

1.1.2 Para candidatos a exame de 3º dan e acima

 

Os candidatos deverão ter participado em pelo menos 01 seminário de arbitragem oferecido pela CBK nos últimos 03 anos.

 

II – EXAME DE KENDO

 

2.1      Exame   Prático: Todos os candidatos deverão prestar o exame prático, exceto os candidatos reprovados no exame de Kata ou no exame teórico prestado há até um ano atrás, os quais poderão, por uma única oportunidade, realizar o exame de graduação sem a necessidade de prestar um novo exame prático

 

2.2      Exame de Kata: Todos aqueles que passarem no Exame Prático deverão prestar o exame de Kata, da forma abaixo:

 

Graduação Katas
1º kyu 01º ao 09º movimento

Bokuto ni yoru kendo kihon-waza keikohou

1º dan 1º ao 5º movimento – Nihon Kendo Kata
2º dan 1º ao 7º movimento – Nihon Kendo Kata
3º dan 1º ao 10º movimento – Nihon Kendo Kata
4º dan 1º ao 10º movimento – Nihon Kendo Kata
5º dan 1º ao 10º movimento – Nihon Kendo Kata
6º dan 1º ao 10º movimento – Nihon Kendo Kata
7º dan 1º ao 10º movimento – Nihon Kendo Kata

 

2.3      Exame  Teórico:  Todos  os  candidatos  que  passarem  no  exame  de  Kata,  com  exceção daqueles que prestaram para 1º. Kyu, farão o exame teórico que consistirá em responder a uma ou mais das 47  questões teóricas e  preparar  uma  dissertação.

 

2.3.1 Distribuição das questões de acordo com a graduação:

 

Questões Graduação Dissertação
1º dan Questões de 01 a 06 Não
2º dan Questões de 07 a 11 Não
3º dan Questões de 10 a 15 e 41 Não
4º dan Questões de 15 a 21, 41 e 42 Sim
5º dan Questões de 22 a 27, 44 e 45 Sim
6º dan Questões de 28 a 33, 46 e 47 Sim
7º dan não sim

 

2.3.2 Temas para Dissertação: Os candidatos a 4º, 5º e 6º Dans deverão trazer por escrito, uma dissertação de no mínimo 30 linhas e, os candidatos a 7º Dan, uma dissertação de no mínimo 45 linhas, sobre os seguintes temas:

 

Graduação                                             Tema para Dissertação

 

4º dan – Quais as suas motivações para continuar praticando Kendo?

 

5º dan – Quais os ensinamentos básicos de Kendo que devem ser ministrados aos atletas até a modalidade juvenil?

 

6º dan – Para melhorar o nível dos kenshis e quais os conhecimentos teóricos e práticos que deveriam ser aprimorados pelos professores?

 

7º dan – Quais os programas ou atividades que deverão ser incrementados pelos dirigentes de associações e federações para o sadio desenvolvimento do Kendo?

 

 

2.3.3 Qualidade das Dissertações: As dissertações com baixa qualidade ou erros, inclusive de ortografia/gramática, poderão reprovar o candidato, mesmo que tal candidato já tenha sido aprovado no exame prático e de Kata.

 

 

III – DO EXAME DE SHOGO (RENSHI / KYOSHI)

 

3.1     Trabalho Dissertativo: Todos os candidatos deverão apresentar um trabalho dissertativo de algumas páginas, preparados preferencialmente em computador, versando sobre os seguintes temas:

 

Graduação Tema para Dissertação
Renshi  

O comportamento de um Kenshi 6º ou 7º Dan Renshi na comunidade em que vive.

Kyoshi O trabalho de um Kenshi 7º Dan Kyoshi na sociedade em que vive.

 

 

3.1.1  – Entrega do Trabalho Dissertativo e Outros Documentos: Os candidatos deverão enviar o trabalho dissertativo no momento de sua inscrição, a qual deverá ser enviada à CBK com antecedência, no prazo estipulado na Carta Convite. Juntamente com o trabalho dissertativo, os candidatos deverão anexar e enviar os seguintes atestados e comprovantes:

 

  • Carta do presidente da associação / academia em que está filiado, solicitando a inscrição do candidato ao exame de Shogo e atestando que o candidato tem treinado normal e continuamente e que atua como Shido-Sha (orientador) nos treinos.
  • Comprovação de ter participado como árbitro em campeonatos promovidos pela CBK, CLAK, FIK e suas entidades filiadas.

 

3.1.2   – Avaliação do Trabalho Dissertativo: A avaliação do trabalho dissertativo será feita pelos membros da banca examinadora com títulos acadêmicos, os quais, com antecedência à data de realização dos exames prático e teórico, irão aprovar, reprovar ou mesmo solicitar que o trabalho seja retificado para lograr aprovação.

 

 

3.2     Exame Prático e Teórico: Todos os candidatos que tenham seus trabalhos dissertativos aprovados deverão realizar os exames prático e teórico, sendo que:

 

3.2.1 – Exame Prático: irá requerer que os candidatos executem demonstrações práticas de Kendo-Kata na forma a ser determinada pela banca examinadora;

 

3.2.2. – Exame Teórico: irá requerer que os candidatos respondam oralmente a diversas questões a serem formuladas pela banca examinadora sobre a filosofia do Kendo, Kendo-Kata, arbitragem e treino de Kihon com Bokuto.

 

IV – DISPOSITIVOS GERAIS

 

4.1 – Atestado: O representante de cada academia que tiver candidato(s) que possuam algum tipo de dificuldade de movimentação (ex.: problemas no joelho e demais articulações; problemas respiratórios ou cardiácos; ou demais problemas que impossibilitem realizar algum tipo de movimento exigido), deverá enviar carta para a organização do campeonato com 15 dias de antecedência, justificando o motivo inclusive receituário médico.

 

4.2 – Idioma: O idioma a ser utilizado, tanto no trabalho dissertativo ou no exame teórico, será o Português, mas sendo permitida a utilização do idioma Japonês quando fizer referência a termos técnicos. A realização do trabalho dissertativo ou do exame oral em outro idioma está sujeita à prévia autorização do Presidente da CBK.

 

V – DA BANCA EXAMINADORA E DA APROVAÇÃO NOS EXAMES

 

 

5.1     Exame de Kendo: as composições da banca examinadora e os requisitos para a aprovação serão:

 

 

Exame Banca Examinadora Requisito para Aprovação
1º Kyu 05 examinadores com graduação igual ou acima de 3º Dan. Aprovação de no mínimo 03 examinadores.
1º Dan 05 examinadores com graduação igual ou acima de 4º Dan. Aprovação de no mínimo 03 examinadores.
2º a 3º Dan 05 examinadores com graduação igual ou acima de 5º Dan. Aprovação de no mínimo 03 examinadores.
4º Dan e acima 07 examinadores com graduação igual ou acima de 7º Dan A provação de no mínimo 05 examinadores

 

 

5.2     Exame de Shogo: as composições das bancas examinadoras e os requisitos para a aprovação serão:

 

Exame Banca Examinadora Requisito para Aprovação
Renshi ­  4 examinadores com graduação e título de 7º. Dan Kyoshi ou acima,

­  1 examinador com título acadêmico de Pós-Graduação ou Mestrado e

­  1 examinador com título acadêmico de Doutorado.

 

Aprovação de no mínimo 4 examinadores.
Kyoshi ­  4 examinadores com graduação e título de 7º. Dan Kyoshi ou acima e

­  2 examinadores com título acadêmico de Doutorado.

 

Aprovação de no mínimo 4 examinadores.
Hanshi Somente no Japão  

 

5.2.1  – A banca examinadora de Shogo será constituída mediante a indicação pelo Diretor de Promoção em Kyu/Dan e Shogo da CBK e nomeada pelo Presidente da CBK.

 

5.2.2  – O examinador de Shogo não poderá ter parentesco de até 3º. grau com o candidato ou ser pertencente à mesma agremiação / academia do candidato.

 

5.4     Insuficiência de Examinadores: Na falta de número suficiente para compor a banca de examinadores para os exames de 4º Dan e acima, exceto para os títulos de Renshi e Kyoshi, o Presidente da CBK poderá excepcionalmente reduzir o número de examinadores para 5 (cinco), mas sem alterar os requisitos de aprovação acima estabelecidos.

 

 

VI – DO VALOR DA TAXA DE INSCRIÇÃO E DE REGISTRO

 

6.1     Os valores das taxas de inscrição para o exame e de registro do certificado de graduação serão especificados na Carta Convite.

 

 

VII – DO PAGAMENTO DA TAXA DE INSCRIÇÃO E DE REGISTRO

 

7.1     Pagamento da Taxa de Inscrição: A data limite para o pagamento da taxa de inscrição para o exame de graduação será indicada na Carta Convite e o pagamento deverá ser sempre efetuado pela Academia / Associação, nunca diretamente pelos candidatos, mediante depósito na conta corrente da CBK, devendo ser observado que:

 

  • Na data do exame de graduação NÃO serão aceitas inscrições ou pagamento do valor do Exame.

 

  • A falta do depósito pela Academia / Associação na data limite impedirá o atleta de prestar o exame de graduação.

 

  • Não será restituída a Taxa de Inscrição de Exame, caso o candidato não compareça ou desista de prestar a graduação.

 

7.2     Pagamento da Taxa de Registro do Certificado de Graduação: O pagamento da taxa de registro do Certificado de Graduação deverá ser efetuado da seguinte forma:

 

  • Para os candidatos aos exames de 1º Kyu e 1º Dan: juntamente com a taxa de inscrição para o exame, pela academia / associação; se o candidato for reprovado no exame, o valor da Taxa de Registro será reembolsado ao candidato pela CBK.

 

  • Para os candidatos aprovados nos exames de 2º Dan e Acima: na data de realização do exame, diretamente à mesa organizadora da CBK, quando esta chamar os candidatos para a entrega dos certificados, devendo ser observado que:

 

  • O pagamento poderá ser realizado em cheque ou dinheiro, devendo o candidato levar o valor correto da taxa de registro se for em dinheiro.

 

  • O Certificado de Graduação não será entregue para o candidato aprovado que não efetuar o pagamento da taxa de registro e ficará retido na CBK até que o pagamento seja efetuado por 06 meses, devendo o candidato arcar com os custos de entrega do certificado, se houver. Após este prazo a CBK fica no direito de cancelar o diploma.

 

 

VIII – DA REALIZAÇÃO DE EXAMES DE GRADUAÇÃO NO EXTERIOR

 

8.1     Inscrição em Exames no Exterior: Todo o atleta filiado à CBK que queira realizar exames de graduação no exterior deverá solicitar a autorização formal do Presidente da CBK previamente à realização desse exame, sob pena de que o certificado de graduação que venha a obter nesse exame não seja válido para registro na CBK.

 

8.1.1   – Para realizar exames de Shogo no exterior, além da autorização prévia do Presidente da CBK, o candidato deverá ser examinado pela banca examinadora da CBK segundo os critérios estabelecidos neste regulamento.

 

8.1.2 – O candidato que realizar o exame no exterior deverá cumprir com todos os pré requisitos exigidos por este regulamento.

 

8.2     Registro de Certificados de Graduação obtidos no Exterior: Todo o atleta filiado à CBK que tenha obtido um certificado de graduação no exterior deverá apresentar o certificado para o seu registro na CBK, sem o qual a sua validade não será reconhecida pela CBK.

 

8.2.1  – O registro na CBK de certificados de graduação obtidos no exterior está sujeito ao pagamento da taxa de registro cobrada nos exames realizados no país, exceto quando o certificado for obtido em exames de graduação promovidos pela CLAK e em exames que a CBK não realiza no País, casos em que a CBK irá realizar o registro sem a cobrança da taxa.

 

 

IX – Do Regulamento

 

9.1     O Regulamento estará disponível no site da CBK (www.cbkendo.esp.br) e/ou na sua página no Facebook.

 

9.2     As alterações nas regras do Regulamento, quando houver, serão informadas por ocasião do encaminhamento da Carta Convite para os exames aqui tratados.

 

9.3     Caberá exclusivamente à Diretoria da CBK dirimir dúvidas sobre este regulamento e deliberar sobre quaisquer questões aqui não previstas.

 

 

Confederação Brasileira de Kendo – CBK

Diretoria de Promoção de Kyu/Dan/Shogo